ELETRICISTA pode USAR ESCADA de ALUMÍNIO?

Você usa qual tipo de escada, alumínio, madeira, fibra de vidro?
Já se perguntou qual é a mais adequada para se trabalhar com eletricidade?

Bom pessoal, a primeira coisa que pensei foi destrinchar as normas NR-10 e NR-35 do MTE em busca de uma explicação melhor sobre o uso de escadas metálicas em trabalhos com eletricidade.

Nessas normas não há uma afirmação direta proibindo o uso, porém um trecho da NR-10 me chamou atenção:

“10.4.3.1 Os equipamentos, dispositivos e ferramentas que possuam isolamento elétrico devem estar adequados às tensões envolvidas, e serem inspecionados e testados de acordo com as regulamentações existentes ou recomendações dos fabricantes.”

Daí, como as normas não deixam tão claro, fui atrás do manual de fabricação de uma escada de alumínio muito utilizada, e achei os avisos:

“PERIGO! Metal conduz eletricidade. NÃO deixar esta escada, ou qualquer de suas partes, entrar em contato com fios elétricos.”
Não fiquei satisfeito e continuei pesquisando, achei uma portaria do Inmetro, nº 616/ 2012, regulamentando o uso de escadas metálicas para fins domésticos, e olha o que fala nos avisos:

7.2. Avisos de atenção:

a) “Atenção! Este produto é para uso exclusivamente não continuado, geralmente ligado à atividade doméstica.”:

b) “Atenção! Este produto não foi projetado para uso continuado, geralmente ligado à atividade semiprofissional, profissional ou industrial

l) “Atenção! Este produto é para uso exclusivamente não continuado, geralmente ligado à atividade doméstica.”:

Resumindo pessoal, não recomendo USAR ESCADAS METÁLICAS quando executar instalações elétricas, independente de estarem energizadas ou não.

Confesso que eu já usei muito e ainda tenho escada de alumínio, mas depois de pesquisar melhor vou usar apenas para fins domésticos mesmo.

Abaixo segue os links que usei para elaborar esse vídeo, deixarei também dicas de segurança para manusear e trabalhar com escadas.

Fontes da pesquisa:
http://www.trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR-10-atualizada-2016.pdf
http://www.bracol.net.br/wp-content/uploads/2016/03/manual-escada-3×4-e-4×4.pdf
http://www.inmetro.gov.br/legislacao/rtac/pdf/RTAC001933.pdf

Dicas de segurança com escadas:

Sempre posicione a escada sobre uma superfície plana, seca e estável.

Use calçados com sola plana e antiderrapante.

Não force a capacidade máxima de carga que uma escada suporta.

A escada não deve ser usada por crianças, gestantes, pessoas que sofrem de labirintite ou tonturas e nem por duas pessoas ao mesmo tempo.

Mais uma vez: as escadas de alumínio conduzem corrente elétrica, então não as utilize próximo a locais de risco.
Ao subir os degraus, fique sempre de frente para a escada e use um cinto ou guincho para erguer as ferramentas que irá utilizar.

Mantenha sempre os suportes de metal limpos e lubrificados, bem como as travas de segurança e as polias.

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

Aquela EMENDA para CABOS de 70mm que você VAI QUERER FAZER um DIA!

Vem CURTIR a CRIMPER – https://goo.gl/585mRo

Sabemos que, para realizar conexões em cabos com secção superior a 10mm², é recomendado o uso de conectores apropriados, improvisar com emendas direto no cabo para esse nível de corrente é chamar problema.

Na aula prática de hoje vou ensinar como fazer uma emenda de prolongamento para cabos de 70mm² usando luvas de compressão e o alicate hidráulico mais famoso do Brasil kkkkkk
Ao lado do alicate podemos perceber uma regulagem que determina seu funcionamento, quando giramos no sentido horário (ON) acionamos a ferramenta, quando giramos para o sentido anti-horário (OFF) desativamos, voltando-o para o estado inicial e liberando o terminal.

Escolha a matriz a ser utilizada, no nosso caso será 70mm². Para encaixar no alicate é bem simples, basta direcionar as partes e encaixá-las. Coloque a metade da luva dentro da matriz, gire a regulagem no sentido ON e aperte o alicate consecutivamente até as partes da matriz se encaixar, o próximo passo é desativar a regulagem para o alicate irá liberar a conexão, repita o procedimento usando no outro lado da luva.

Bom, como falei no vídeo desse alicate, ele realiza compressões de 16 a 300m², pra isso ele exerce uma força de 12 toneladas na conexão.

A matriz tem um molde hexagonal, ou seja a compressão é realizada em 6 pontos uniformes no terminal garantindo o ajuste perfeito para evitar falhas por falta de aperto entre cabo e conector.

Confira o torque da conexão veja se realmente ficou bem acabado e isole com fita auto fusão e isolante!

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

Como LIGAR MOTOR MONOFÁSICO no RELÉ TÉRMICO?

Hoje quem veio tirar a dúvida de vocês mais uma vez é o professor ELIFÁBIO MIRANDA!

Faça parte também do canal EM ELÉTRICA INDUSTRIAL – https://goo.gl/NMikgv

Mas pra que serve um relé térmico?

O Relé térmico é um dispositivo de proteção que é responsável por proteger os motores elétricos de possíveis anomalias. A mais comum é o sobreaquecimento do motor elétrico.

Quando o motor trava o seu eixo ou esta trabalhando com muita carga, ele solicita mais corrente da rede para tentar compensar o peso requerido, deste modo o motor acaba tendo que trabalhar com especificações que não se enquadram a ele.

Assim pode haver danos em suas bobinas provocando aquecimento e até um provável derretimento de sua isolação, ação que é capaz de fechar um possível curto circuito interno.

Funcionamento
É no momento onde está ocorrendo o possível aquecimento que o relé entra em ação. Quando a esse sobreaquecimento as lâminas bimetálicas de coeficientes de temperatura diferentes, se aquecem , ocorrendo à deformação das laminas e fazendo com que ativem o relé, desarmando o circuito do motor, como também o circuito de comando através de seus contatos auxiliares.

Este relé é um ótimo componente de proteção, pois após acionado, ele trava impedindo que o motor seja ligado novamente. Desta forma o motor só poderá ser ligado quando ocorrer uma ação manual de rearme.

Fonte: https://www.mundodaeletrica.com.br/o-que-e-um-rele-termico/

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

Aquele DETALHE que só um ELETRICISTA CAPRICHOSO tem!

E você se considera um ELETRICISTA CAPRICHOSO?

O bom eletricista é aquele que sempre procura deixar suas instalações mais perfeitas o possível!

Hoje viemos mostrar um tipo de conector muito usado para conectar cabos junto a barramentos

Seja de terra e/ou neutro, ou também na conexão de barramentos de fases em disjuntores.

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

VOCÊ JÁ VIU UMA TOMADA DESSAS?

Recentemente falamos aqui no canal sobre tomadas USB, e recebemos algumas perguntas se também existem tomadas HDMI, e a resposta é sim!

ACESSE NOSSO PORTAL DO PARCEIRO – https://goo.gl/JL9qKt

Tenho aqui comigo um módulo conector HDMI da linha Orion da Schneider, a função dele é eliminar aqueles cabos indesejáveis que ficam esparramados entre o Rack e o painel suspenso.

É bem bonito colocar aquela TV de LED pendurada na parede né, agora quer quebrar todo o “charme” da sua sala é deixar os cabos esparramados.

A André, mas aqui em casa eu já embuti todos os cabos dentro da parede, eu ligo os aparelhos direto na TV, bom.. eu também já fiz isso só que uma tomei um susto na hora da faxina. Fomos arredar os móveis e não desconectamos o cabo, ele acabou esticando e forçando tanto a entrada HDMI na TV quanto no home theater, resultado quase que tomo um baita de um prejuízo.

Quando resolvemos embutir os cabos na instalação estamos prevendo vários tipos de acidentes, como até mesmo uma criança puxar um cabo que está interligando uma TV e ela cair em cima dela.

Usando uma tomada HDMI, em caso de um “descuido” a única coisa que irá acontecer é a desconexão do cabo da tomada, deixando intacta toda estrutura de transmissão, e isso é a principal vantagem desse produto.

A instalação é muito simples, o módulo encaixa em suportes ORION 4×4 ou 4×2, ele vem com um extensor de 15cm para se acomodar melhor dentro da caixinha. Basta conectar o cabo de HDMI que ficará embutido e pronto não tem segredo algum, esse modelo vem na cor branca, platina, e grafite, você escolhe a melhor opção.

Quero aproveitar para mostrar também a placa ORION YOU, que você mesmo pode personalizar. Ela tem uma parte transparente removível o que permite mudar a aparência de acordo com seu gostou e estilo. Você acabou de colocar aquele papel de parede e não quer que apareça interruptores ou tomadas, está aqui a solução, você quem define o que usar, tornando o ambiente mais exclusivo ainda!

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

COMO INSTALAR UM CONTATOR – Super Fácil

Como instalar um contator para fazer o acionamento de cargas mais elevadas?

Bom essa dúvida veio do Douglas Alves…

Primeiramente precisamos falar pra que Serve um contator: Esse dispositivo é bastante usado em comandos elétricos para fazer acionamento de motores, já que não é possível controlar uma corrente maior em uma botoeira por exemplo. Os contatores possuem inúmeras aplicações, vai depender da necessidade do cliente, fiz um vídeo recentemente aplicando em sistemas de iluminação por exemplo.

O contator é dividido em duas partes, a parte inferior é onde fica a bobina que quando energizada cria um campo que atrai as partes móveis e realiza o fechamento dos contatos que estão na parte superior. Essa parte superior onde estão os contatos, é que ligaremos a carga (bomba, motor, etc), o movimento dos contatos é que define se o circuito estará aberto ou fechado, passando corrente para a carga ou não.

Sua instalação é bem simples, precisamos alimentar a parte que vem do comando (botoeira, chave, interruptor, etc) pelas entradas A1 e A2 da bobina. Você deve observar qual a tensão de alimentação da bobina, no nosso caso é 220v.

Podemos perceber que ao energizar a bobina, acontece a atração do núcleo do contator e o fechamento dos contatos, veja só.
Agora é só alimentar os bornes de entrada 1 3 e 5 (se for uma carga trifásica) e sair com as fases dos bornes 2 4 e 6 direto para a carga.

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

COMO INSTALAR TOMADA USB (super fácil)

Que tal aprender a instalar tomadas USB?

No vídeo de hoje vamos ensinar alguns detalhes dessa tomada que “elimina o uso de carregadores”

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

8 de cada 10 eletricistas NÃO CONHECEM esse tipo de emenda!

Quem nunca já precisou refazer uma emenda de cabos mal feita no chão?

Sabemos que somente a fita isolante com o passar do tempo deteriora.

Já se usarmos uma fita de auto fusão aumentamos bastante a vida útil da conexão.

Muita gente também aplica o termo contrátil, não vejo nada errado nisso.

Mas hoje vim trazer uma novidade para muita gente,
CONECTOR DIRECT BURY SPLICE KIT, ele conecta isola e veda ao mesmo tempo.

LINK PARA COMPRAR: https://www.amazon.com/3M-Direct-Bury-Splice-600V/dp/B00B8C7FDE

Temos aqui dentro um conector de torção com mola de aço, que nós já conhecemos + um tubo resistente a alto impacto, pré-cheio com graxa resistente à umidade

 Realiza emendas com 2 ou 3 cabos
 Aceita cabos de 1 a 6mm²
 Indicado para trabalhar com tensões de até 600v
 Resiste a uma temperatura de até 105ºC

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

Usar ATERRAMENTO DO PADRÃO em INSTALAÇÕES INTERNAS – PODE OU NÃO?

Sabemos que as maiorias das concessionárias de energia em nosso país “exigem” a colocação de no mínimo uma haste de terra ligada ao padrão de entrada, que se enquadra como sistema de aterramento TN.

A função principal dessa haste não é proteção, mas sim funcionalidade. A intenção do eletrodo é basicamente equilibrar a corrente no neutro da rede, devido ao desequilíbrio das cargas gerado no transformador.

Para entender melhor sobre essas siglas destacamos o item 4.2.2.2 da NBR-5410, que fala sobre esquemas de aterramento, inclusive TN e TT.

Primeira letra T = ponto diretamente aterrado;

Segunda letra T = massas diretamente aterradas, independentemente do aterramento eventual de um ponto da alimentação;

Segunda letra N = massas ligadas ao ponto da alimentação aterrado (em corrente alternada, o ponto aterrado é normalmente o ponto neutro);

Respondendo a pergunta então, PODE SIM USAR O ATERRAMENTO DO PADRÃO, quando a concessionária disponibiliza o cabo de terra. Vale lembrar que nem todas são assim, a CEMIG aqui em “Minas”, deixa o cabo de terra acessível para conexão, outras não, fornecem apenas fases e neutro, obrigando o consumidor a fazer um sistema de aterramento exclusivo, o TT.

Cada forma de aterramento é indicada para um determinado tipo de instalação daí não existe um aterramento melhor que o outro, mas sim existe um tipo de aterramento mais eficiente para aquela determinada instalação e essa eficiência deve ser testada usando um terrômetro, equipamento que mede a resistência do sistema de aterramento, quanto mais próximo de 0 ohms, melhor!

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

Saiba mais sobre aterramento: https://www.cursonr10.com/aterramento

COMO MEDIR TENSÃO COM MULTÍMETRO

Para medir a tensão com o multímetro devemos encostar as pontas de prova em um ponto energizado na instalação.

Isso é mais comum de ser feito sempre nos QDC’s onde temos os barramentos e parafusos dos disjuntores sempre a mostra para uma manutenção.

Mas e se for necessário medir a tensão em um condutor ISOLADO dentro de uma caixa de passagem?

Já vi muitos profissionais decapando o cabeamento para isso e depois isolar com uma fita isolante.

E o que mais acontece é essa fita ser instalada de qualquer maneira e com o tempo perder toda a utilidade.

Hoje venho mostrar para vocês uma dica de obra muito interessante para essas situações.

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui