💵 Chega de COBRAR CARO ou BARATO Tabela de Preço Eletricista 2020

👉 Link para baixar a tabela: https://ift.tt/2JrUkw5
——

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Ao contrário de profissões formais, os profissionais autônomos devem calcular o preço de seus próprios trabalhos. Muitas vezes, porém, podem permanecer dúvidas sobre como cobrar serviços de eletricista.

Isso ocorre pois existem diversas maneiras de se fazer essa cobrança, e cada profissional tem sua própria maneira de calcular o preço de seu serviço.

Continue a leitura e descubra três métodos diferentes e eficazes para fazer cobrança de serviços de eletricista!

Cobrança por atividade definida (ou ponto)
Nesse tipo de recebimento, cobra-se cada serviço efetuado. Para isso, os profissionais devem ter, com antecedência, uma lista de atividades prestadas e qual o valor cobrado por cada uma, facilitando na hora de fazer os orçamentos.

Muitos eletricistas chamam esse método de “cobrança por ponto”, em referência aos pontos de eletricidade (ponto de luz, tomadas, chuveiros, interruptor), que acabam sendo boa parte dos serviços solicitados.

As cobranças por atividade definida acabam sendo vantajosas em contextos domiciliares, já que, em uma visita, é possível fazer diversos serviços e ter um bom custo-benefício.

Porém, assim como qualquer outro método, ele tem suas desvantagens. Caso faça o orçamento para um local grande, como um galpão ou empresa, o valor pode ficar muito elevado e assustar seu cliente.

Para evitar isso, ainda é possível readequar seu preço, porém, não há um critério objetivo para aplicar o desconto. Isso acaba sendo prejudicial, desvalorizando seu trabalho

O preço por ponto pode variar por região. Geralmente, esse valor gira entre R$ 25 e R$ 50.

Cobrança por metro quadrado
Muito comum em instalações novas, uma das formas de cobrar serviços de eletricista é calcular o preço por metro quadrado. Assim, independentemente do tempo investido ou do número de serviços feitos, o valor será sempre o mesmo.

O preço por metro quadrado é geralmente retirado das tabelas de construção civil, pois são atualizadas com frequência. Esse valor pode variar conforme sua cidade ou estado, portanto, o ideal é consultar uma referência local. Geralmente, fica entre R$ 25 e R$ 60, dependendo da complexidade da instalação elétrica.

Essa maneira oferece uma grande praticidade para calcular orçamentos, pois não depende de outros fatores que não a própria medida do local. Isso, porém, pode gerar algumas desvantagens.

O cálculo por metro quadrado desconsidera, por exemplo, a dificuldade de cada serviço. Se for necessário realizar instalações com um maior grau de complexidade e que exigem maior dedicação por parte do profissional, o valor por metro permanece o mesmo.

Cobrança por hora (ou diária)
Por fim, há o método de cobrança por hora. Nesse caso, não existe distinção pela dificuldade do serviço ou pelo número de atividades prestadas, mas sim pelo tempo investido pelo profissional.

Costuma ser uma maneira vantajosa, especialmente para quem já trabalhou como empregado. Isso porque um celetista sabe seu rendimento por hora e, ao passar a trabalhar como autônomo, o profissional pode seguir a mesma lógica.

Além disso, ao cobrar serviços de eletricista por hora, é possível incluir nos lucros benefícios que um profissional autônomo não tem, como férias ou 13º salário. Assim, mesmo não trabalhando em um emprego formal, pode-se fazer um planejamento financeiro.

O valor por por hora está entre R$ 50 e R$ 100, podendo variar de acordo com a cidade ou estado. Já a diária costuma ser entre R$ 200 e R$ 300. Para todos os casos, é ideal conhecer a realidade de mercado da sua cidade.

Há diversas formas de como cobrar serviços de eletricista, e cada profissional deve buscar a que mais se encaixa com sua realidade e com o contexto da sua cidade ou estado.

André Mafra

Diretor da Engehall e idealizador dos cursos online de NR10 e Curso de Eletricista.