Como saber se o TERMINAL ELÉTRICO é de BOA QUALIDADE? 1

Você com certeza já se deparou com “os chamados cabos desbitolados”, daqueles que na embalagem fala que é 2,5mm² mas tem em torno de 2,0mm² de cobre né?

SITE DA CRIMPER

Mas e nos terminais elétricos, será que existe “modelos desbitolados” também? Por se tratar de uma conexão elétrica, ISSO É UM PERIGO!

Infelizmente não temos no Brasil normas técnicas exclusivas para terminais como se tem, por exemplo, em fios e cabos, disjuntores, etc.

Consequentemente entra muito produto importado no nosso mercado de péssima qualidade. Vale lembrar que o mercado brasileiro é um dos poucos que utilizam a norma de cabos em MM², no resto do mundo é usado a norma de cabos AWG/ MCM, isso da uma boa diferença na seção dos condutores.

Pensa bem, um cabo 10 AWG/ MCM por exemplo tem seção de 5,27 mm² e conduz 30A, um cabo equivalente a ele é o nosso conhecido 6mm², que conduz 36A, ou seja 20% a mais de corrente, aí você pensa um terminal importado, fabricado em AWG/ MCM, vai “estrangular” a passagem de corrente nesse caso pois foi fabricado para outra seção.

Outro fato preocupante é a isolação. Terminais isolados para cabos em MM² devem suportar uma tensão acima de 1000volts, e sinceramente só de pegar no material e observar o acabamento, com rebarbas e fissuras, já dá pra desconfiar e sem contar que os terminais isolados para cabos AWG/MCM suportam 600 volts.

Um bom terminal deve ser fabricado em cobre eletrolítico (mesmo material de fabricação dos cabos), afinal em um ponto de conexão a corrente elétrica deixa de passar pelo cabo e passa pelo terminal, e o que já vi no mercado é terminal feito de outros materiais, inclusive latão o que compromete muito a resistividade elétrica.

Ao escolher terminais fique atendo ao seguinte:

– O terminal foi fabricado para cabos em MM² ou AWG/ MCM?
– Qual a tensão de trabalho que será aplicado o terminal?
– Qual a temperatura de trabalho do terminal?
– Solicite o certificado do produto.

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *