GARANTIA de SERVIÇO Elétrico: conheça as 2 REGRAS que VOCÊ deve SEGUIR 1

Tem coisa mais chata que voltar em um cliente para consertar algo que estragou depois de um tempo?

E sabe o que é pior? As vêzes nem cobrar pela visita, pois “tá dentro da garantia”!

Amigo, pela falta de informação, as vezes você dá garantia de 1 ano se der problema, e tem que retornar ao cliente para resolver sem custo algum para ele.

Mas você sabe qual o tempo mínimo você pode dar de garantia pelo seu serviço?

Isso se chama “garantia legal” (Artigos 24 e 26 do Código de Defesa do Consumidor) e o prazo é de 90 dias para serviços duráveis. Esse prazo se inicia ao término da execução do serviço, ou seja na entrega da obra.

Ou seja, você entregou um serviço, se der qualquer problema na parte executada durante os próximos 90 dias, você deve atender o cliente sem nenhum custo extra a ele.

Passado os 90 dias você pode cobrar pela visita técnica ou pelo serviço em si.

Se for um defeito no produto instalado e você vendeu apenas mão de obra, o cliente deve se responsabilizar pela troca e pelo pagamento da sua mão de obra, afinal não foi culpa sua.

Outro detalhe é a garantia contratual, ela não é obrigatória, funciona como uma garantia extra prevista em contrato.

Por isso galera, é importante sempre elaborar contrato de prestação de serviços e emitir nota fiscal.

Para te ajudar a organizar melhor seu negócio:

Segue um MODELO DE CONTRATO – http://www.wtaengenhariaeletrica.com.br/auth/web-files/upload/f7618f4cf21d5ed7a870f14da003290f.pdf

Apoio: Crimper

Quer obter mais  conhecimento na área elétrica e ter mais confiança e segurança para executar serviços elétricos?
👉 Clique aqui

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *