Quantas LAMPADAS podem ter em um CIRCUITO #DicasFlash 45 1

Quantas lâmpadas posso juntar em um mesmo disjuntor?

Antes de começar a calcular precisamos saber duas coisas importantes e obrigatórias sobre circuitos de iluminação:

1 – De acordo com a Tabela 47 — Seção mínima dos condutores (pag.113) da NBR-5410,

Circuitos de iluminação devem possuir seção mínima de 1,5 mm² para condutores de cobre.

2 – De acordo com a Tabela 36 – Capacidades de condução de corrente, em ampères dos cabos (pag.101) da NBR-5410,

Cabos de cobre com seção nominal 1,5 mm² instalados em eletrodutos, possuem capacidade máxima de transporte de corrente de 15,5A.

Ou seja, se a corrente ultrapassar 15,5 ampéres o risco de aquecimento e por fim rompimento do condutor é grande.
Sabendo desses detalhes precisamos fazer um cálculo bem simples e muito conhecido no meio profissional para sanar essa dúvida.

A fórmula para a base de tudo é : P = V X I (POTÊNCIA “W” = TENSÃO “V” x CORRENTE “A”)

Na fórmula apresentada acima, precisamos descobrir a potência máxima para um circuito de iluminação, e os dados para tal feito seguem abaixo:

Condutor: 1,5 mm² (mínimo exigido pela NBR-5410)
Disjuntor de proteção: 10 A.
Tensão de alimentação: 127 V.

Aplicando os dados na fórmula: P = 127 X 10 P = 1270W

QUANTAS TOMADAS POSSO TER EM UM CIRCUITO? https://www.youtube.com/watch?v=Fa1QVjf0b3o

Como a letra a do item 9.5.2.1.2 nos diz, a carga mínima (para dimensionamento) por ponto de iluminação é de 100VA,

Precisamos dividir a potencia total 1270W pela potência por ponto 100VA, o que nos dá até 12 pontos de iluminação em um mesmo circuito.

Mas vale lembrar que o interessante é sempre dividir a instalação em mais disjuntores para garantir um funcionamento mais adequado.

👉 Clique aqui

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *